Condenados ex-Prefeitos de Rio Grande por falta de saneamento básico em loteamento

Ao acatar denúncia do Ministério Público, a Justiça de Rio Grande condenou os ex-Prefeitos da cidade Fábio de Oliveira Branco (2001/2004 e 2009/2012) e Janir Souza Branco (gestão 2005/2008) por deixarem de cumprir obrigações de relevante interesse ambiental no loteamento Cidade de Águeda, na localidade de Carreiros. A decisão é desta quarta-feira, 30. Fábio Branco foi condenado a um ano e quatro meses de prisão em regime aberto e Janir Branco a um ano e um mês. Ambas as penas foram substituídas por prestação de serviços comunitários.

Conforme as investigações do MP, presididas pela Procuradoria de Prefeitos, durante suas gestões, eles construíram um loteamento com a finalidade residencial, mediante a venda de lotes pelo Município, sem implantar equipamentos urbanos de escoamento das águas pluviais. Houve a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta junto ao MP em 2002 para a construção do esgotamento sanitário, que não foi cumprido. Após o final da segunda gestão de Fábio Branco, a instrução processual passou a ser de responsabilidade do Promotor de Justiça Especializada José Alexandre Zachia Alan. Sobre os mesmos fatos, tramita também uma ação civil pública por ato de improbidade administrativa.

Fonte: Ministério Público de Rio Grande do Sul

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Ministério Público

Faça um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s