Prefeitura de Santo Antônio deve providenciar tratamento adequado do lixo

A juíza Maria Nivalda Torquato Lopes,em designação na Comarca de Santo Antônio, determinou que aquele Município suspenda, imediatamente, a queima dos resíduos e, no prazo de 180 dias, promova o cadastramento dos catadores de lixo e cerque toda a área do lixão da cidade, impedindo a entrada de crianças, animais e catadores não cadastrados.

A decisão da magistrada atende aos pedidos feitos em uma Ação Civil Pública interposta pelo Ministério Público, contra o Município de Santo Antônio, o atual prefeito daquela localidade Luiz Franco Ribeiro, bem como o Instituto de Defesa e Meio Ambiente (IDEMA), onde denuncia irregularidades cometidas que estariam causando danos ambientais.

Pela determinação judicial, o Município deve também instalar portão na área do lixão que estabeleça uma forma de controle de acesso ao local e instale sinalizações nas entradas e ao redor do lixão com tabuletas dizendo: Perigo – Não Entre. A juíza determinou ainda que o Município abra valas cobrindo com mantas de PVC, evitando assim a contaminação do lençol freático.

A Prefeitura de Santo Antônio deve ainda cobrir todo o lixo, no mínimo uma vez na semana, com o solo da escavação com o objetivo de eliminar aves e vetores. O lixo que se encontra no local e que será lançado também deve ser compactado. O Município deve manter fiscalização no local, impedindo que outros resíduos sólidos sejam lançados sem sua autorização, bem como que haja a entrada de animais e crianças no local, além de catadores não cadastrados.

Outra medida a ser adota é a elaboração de projeto/programa com vistas à inclusão social e emancipação econômica dos catadores de materiais reutilizáveis e recicláveis, através da coleta seletiva, haja vista a proibição de catação nas áreas de disposição final de resíduos ou rejeitos, conforme art. 48, II da Lei 12.305/2010. caso não cumpra tais determinações, o Município pagará, como pena de multa diária, o valor de mil reais, sob as contas do Prefeito, que será recolhida ao FEPEMA.

Já o IDEMA deve realizar a fiscalização e o acompanhamento da implementação e cumprimento das medidas deferidas em desfavor do Município, sob pena de multa diária no valor de R$ 5 mil, a ser recolhida ao FEPEMA. O órgão deve ainda, após o prazo de 180 dias, entregar relatório pormenorizado sobre a situação em que se encontrará o local objeto de discussão judicial.

Decisão

Para a juíza Maria Nivalda Torquato Lopes, há nos autos provas suficientes de que a situação em que se encontra o lixo do Município de Santo Antônio é um ato atentatório à saúde e segurança da população, em razão da manifesta e protelatória omissão Municipal.

Segundo ela, a primeira vistoria feita no local, em 9 de dezembro de 2009, dá conta dos resíduos expostos à céu aberto de forma totalmente irregular, bem como a presença de crianças e adultos no local, inclusive, firmando ali suas residências, à merce de todas as doenças e perigos dos resíduos tóxicos ali lançados.

A magistrada percebeu, através dos documentos anexados nos autos, principalmente pelas vistorias realizadas, que o lixo de toda a região da cidade, não somente está sendo lançado à céu aberto, como também queimado sem qualquer licença ou prévio estudo para tanto, de maneira que a situação permaneceu inalterada dentro do período de ambas as vistorias, ou seja, de 2009 à 2010, em razão de clara omissão estatal, haja vista todas as solicitações feitas pelo Ministério Público.

“Não pode o Judiciário, diante da clara omissão do ente municipal, permitir que a situação já degradante ao Meio Ambiente se alargue sem proporções, já que durante todo esse tempo, não foram efetivadas quaisquer medidas satisfatórias, permanecendo os cidadãos à merce do descaso”, comentou.

(Processo nº 0100502-31.2014.8.20.0128)

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado de Rio Grande do Norte

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Meio Ambiente

Faça um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s