Operação Carga Pesada investiga desvio de R$ 26 milhões em licitações no Noroeste gaúcho

O Ministério Público deflagrou, a Operação Carga Pesada, que investiga o desvio de R$ 26 milhões em 12 cidades do Noroeste gaúcho, em especial Horizontina e Santa Rosa. Treze mandados de busca e apreensão foram cumpridos até agora em escritórios e residências de investigados na participação de um esquema de superfaturamento de obras e bens públicos.

As investigações são realizadas em conjunto pelos Promotores de Justiça de Santa Rosa, Manoel Figueiredo Antunes e Heitor Stolf Júnior, e Horizontina, Bruna Borgmann. Além dos Promotores de Justiça, atuam na Operação o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e Auditores do Tribunal de Contas do Estado, com apoio da Brigada Militar.

Iniciadas há dois anos, as investigações dão conta de fraudes licitatórias que ocorrem na região desde 2004 por meio da formação de cartel por parte de empresários, que combinavam o preço com o ganhador da licitação para a realização de obras e compra ou reparos de máquinas pesadas. Foram apreendidos documentos e computadores, cujos elementos farão parte do inquérito civil em andamento.

Fonte: Ministério Público do Rio Grande do Sul

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Penal

Faça um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s