Deputada distrital e ex-servidor público são condenados por improbidade administrativa

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) obteve a condenação da deputada distrital Liliane Roriz e do ex-servidor público Adeliton Rocha Malaquias por improbidade administrativa. Os dois foram acusados de forjar a contratação de um veículo que nunca foi utilizado pela deputada, apesar de o aluguel ter sido pago com verba pública.

Em 2012, Adeliton, que trabalhava no gabinete da deputada, alugou o veículo e realizou os pagamentos referentes aos meses de janeiro e fevereiro, no valor total de 5 mil reais. A deputada, a seguir, requereu à Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) o ressarcimento dos valores a título de verba indenizatória parlamentar.

Liliane Roriz foi condenada à perda da função pública, à suspensão dos direitos políticos por cinco anos e à proibição de contratar com o poder público por cinco anos. Adeliton teve os direitos políticos suspensos por oito anos e foi proibido de contratar com o poder público por dez anos. Além disso, os dois foram condenados, de forma solidária, a ressarcir o prejuízo de 5 mil reais, em valores atualizados.

Fonte: Ministério Público do Distrito Federal e Territórios

Comentários desativados em Deputada distrital e ex-servidor público são condenados por improbidade administrativa

Arquivado em Improbidade Administrativa

Os comentários estão desativados.